A Musicoterapia, utilização profissional da música para fins terapêuticos, é uma consequência natural da descoberta científica dos benefícios da música na saúde humana.

Benefícios da Musicoterapia:

– Estimula os movimentos corporais;

– Modifica o tônus muscular;

– Desenvolve o auto-controle, a conscientização corporal, a percepção espacial e temporal;

– Estimula várias partes do cérebro simultaneamente contribuindo positivamente na reabilitação motora e na reaquisição de funções perdidas;

– Melhora a concentração e a memória;

– Estimula o raciocínio e o desenvolvimento cognitivo;

– Retarda a evolução de doenças degenerativas;

– Estimula a fala, a dicção, melhorando a expressão, a comunicação, a capacidade de socialização;

– Acalma, relaxa;

– Estimula o sistema imunológico; Minimiza a dor e o sofrimento psíquico;

– Diminui a ansiedade e o estresse;

– Evita complicações cardíacas;

– Modifica o humor;

– Evoca lembranças, atuando no campo emocional e oferecendo assistência não só a saúde física, mas também a saúde mental e às emoções que estão diretamente relacionadas aos estados de saúde, aumentando a qualidade de vida do ser.

 

BenefíciosTodo organismo vivo necessita de ritmo nas funções, pois do contrário, estão fadados ao aniquilamento. No ser humano, por exemplo, os ritmos são complexos e indispensáveis à atividade do indivíduo, como no desenvolvimento embrionário, na gestação, no nascimento, no crescimento físico e mental da criança, no dinamismo nervoso e humoral, nas marchas das operações mentais, nas alternativas de agitação e repouso, de vigília e sono, na multiplicação das células e dos tecidos.
O estudo da Musicoterapia, disciplina científica, nos mostra que o universo sonoro nos envolve de tal maneira, que mesmo sem nos darmos conta somos possuidores de uma história sonora individual, composta através do tempo por todos os momentos da vida. Em nosso sistema nervoso central são memorizados sons que identificamos como referência de perigo, medo, aflição, alegria, paz. Somos capazes de, naturalmente, modificarmos nossa marcha ao andar adaptando-a a um ritmo que está sendo sentido no momento da ação, seja de marteladas sucessivas em uma construção próxima ou mesmo de uma música.
Pesquisas científicas em todo o mundo revelam os benefícios da Musicoterapia na Saúde e reconhecem a prática como intervenção aliada ao tratamento de diversas patologias, recebendo o apoio da OMS em suas investigações. A Musicoterapia promove a assistência à saúde de forma integral. Contribui em benefício do sistema nervoso, muscular, respiratório, cardiovascular, sensorial, além da saúde mental, trabalhando as emoções, a expressão de sentimentos e pensamentos, a relação inter e intrapessoal.
É possível encontrar nos Estados Unidos, Canadá, França, Chile, por exemplo, a Musicoterapia aplicada à oncologia, geriatria, psiquiatria, UTI/adulto e neonatal, ciclo gravídico puerperal entre outras áreas do cuidado.